IGREJA DE NOSSA SENHORA MÃE DO POVO

O primeiro templo modesto foi erguido pelo português João Antônio Martins, por volta de 1820, época em que Jaraguá tinha poucos casebres entre os coqueirais. A pequena igreja era modesta, feita de taipa e coberta de telhas, localizada quase no mesmo lugar da atual, na antiga Praça 11 de Junho, ou General Lavenère Machado. Foi ainda João Antônio Martins o primeiro que construiu, junto com seus irmãos, as primeiras habitações definitivas do bairro.

Na medida em que o bairro crescia, a igreja tornava-se pequena para o também crescente número de habitantes. Segundo Lima Júnior(2002), os alicerces da nova igreja datam da década de 1860. Em 15 de janeiro de 1888 a pedra fundamental da igreja Matriz de Jaraguá foi lançada, de acordo com a ata arquivada no Instituto Histórico de Alagoas (nº 327), disponível, em parte, no livro “Igrejas e Capelas de Maceió”, de Félix Lima Júnior.

Essa nova igreja (atual Matriz de Jaraguá), ficava localizada em frente à antiga capela, sendo o local dessa última – após sua demolição – a atual praça da Matriz. Por muito tempo as obras ficaram paralisadas; só foram reiniciadas quando algum recurso era disponibilizado. Quando a igreja estava quase finalizada, em meados de 1930 e 1931, um dos pedreiros notificou a possibilidade de desabamento de uma parte da igreja, o que foi confirmado, desabando a parte da frente da torre que ficava do lado esquerdo.

Segundo Lima Júnior (2002), em 1941, o engenheiro Carlos Mornay copiou a planta de Maceió feita por José da Silva Pinto, em 1820 – a pedido do então governador da capitania, Melo e Póvoas – e acrescentou o bairro de Jaraguá, já com a capela de Nossa Senhora Mãe do Povo.

João Antônio Martins, fundador da primeira capela de Nossa Senhora Mãe do Povo, veio a falecer nessa mesma capela, por um infarto fulminante, em 30 de abril de 1831, em decorrência de extremistas alagoanos que estavam revoltados contra os portugueses que residiam e trabalhavam em Maceió.

Você pode localizar esta edificação em Maceió através do Google Maps (clique aqui) e também visualizá-la no Google Street View (clique aqui)!

Referências bibliográficas

COSTA, Craveiro. Maceió. 2ª Edição – Sergasa – Maceió, 1981.

LIMA JÚNIOR, Félix. Igrejas e Capelas de Maceió – Maceió: Academia Alagoana de Letras, 2002.

Site PARÓQUIA MÃE DO POVO. Disponível em: http://www.paroquiamaedopovo.org.br/index.php/historico Acesso em: 15 out 2013.


DOWNLOADS
Para Colorir
Projeto